asf@web

Tecnologia, Informação e Expressão

Google Chrome OS, o sistema operacional da Google

with 3 comments


ChromeCom um post no blog oficial da Google, Sundar Pichai (VP Product Manager) e Linus Upson (Engineering Director) revelaram ao mundo no dia de ontem (07/07) que a gigante de Mountain View trabalha de fato no desenvolvimento de um sistema operacional.

Dentre os vários fatores, acredito que estes foram determinantes para essa decisão:

1- Linux é um kernel maduro
2- Android começa a decolar
3- Sucesso das aplicações web da empresa
4- Amadurecimento da tecnologia para desenvolvimento de aplicações web – leia-se viabilidade de aplicações ricas e complexas
5- Abordagem de segurança utilizada no Chrome se mostrou efetiva
6- Desafios enfrentados com o desenvolvimento do Chrome no Linux – começa a fazer mais sentido desenvolver uma solução própria
7- O alinhamento com os parceiros para o hardware deve-se provavelmente pela experiência com a OHA e certamente foi motivado pelo crescente interesse da indústria em utilizar Android para netbooks
7- Empanar o brilho do lançamento do Windows 7

Mais profundamente a iniciativa siginifica “repensar o que deveria ser um sistema operacional” nos dias de hoje.

Também não devemos esperar que algo seja demonstrado de imediato, ou mesmo que alguma coisa já esteja pronta para uso. Assim como todos os outros produtos da Google este deve experimentar um ciclo sólido porém não muito rápido de desenvolvimento. Atrasos no lançamento e indisponibilidade dos equipamentos no mercado também não deveriam surpreender ninguém.

É isso!

PS: O anúncio ocorreu no dia 07/07 e possivelmente essa não foi uma escolha ao acaso.

Written by @antoniofonseca

quarta-feira, 8 julho, 2009 às 8:04 pm

Publicado em Chrome, Google, Windows

Tagged with , ,

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Finalmente, a famosa “vingança do mainframe” está acontecendo. Riam, dinossauros! Uma nova era se aproxima, e a IBM dominará a terra. Computação em nuvem, que nome bonito. Nós teremos apenas nossos terminais — coloridinhos (cada vez mais burros?) para acessar, quem sabe onde, dados de nossas vidas.

    Vou dar uma “googlada”, acho que não tenho mais a entrevista (acho que na Byte) com o criador da lingugem Rexx, no qual ele comenta sobre a “vingança do mainframe”.

    Jayr Magave

    sábado, 11 julho, 2009 at 7:22 am

    • É mais ou menos isso mesmo parceiro!

      E eu me recordo vagamente da tal entrevista, muito mais pelo título, para ser sincero.

      Aproveitando a oportunidade, lembra que você me apresentou o Python anos atrás? Pois é, posso te dizer que virei fã. No entanto o meu mais recente interesse recai sobre Objective-C. Nessa última ainda estou dando os primeiríssimos passos, usando como referência meu parco repertório de C.

      ASF

      sábado, 11 julho, 2009 at 6:10 pm

  2. […] Para uma opinião menos “chutada” que a minha, não deixe de ler o post do Antonio Fonse… Let’s talk? Comente! ← Escrever é Chato? Coisas Estranhas Acontecem com Livros → […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: