asf@web

Tecnologia, Informação e Expressão

Teoria da conspiração e falhas na Internet brasileira

with 2 comments


Apagão na Internet? Bem, aqueles mais afeitos a teorias de conspiração poderiam até mesmo encontrar relações insuspeitas entre as recentes falhas nas redes da Telefônica e Oi (que deixaram muita gente sem acesso), mas eu não. 

Como eu disse a pouco, prefiro acreditar em uma infeliz coincidência. Algo imprevisto, causado por uma falha técnica ou humana como parecem indicar as suspeitas até o momento. No máximo eu acreditaria que a Oi, ciente do ocorrido com a Telefônica, decidiu não adiar mais aquela manutençãozinha importante ou aquela mudança necessária na configuração da rede e resolveu pô-la em prática o mais rápido possível, ou seja, neste sábado pela manhã. É claro que a janela prevista para a manutenção não foi cumprida e se estendeu durante toda a tarde, como é de praxe nesses casos, quem trabalha na área sabe bem do que eu estou falando.

Mas e se eu acreditasse que as falhas estão relacionadas? O que poderia ter ocorrido?

Bem como hoje é sábado, como estou de bom humor e com algum tempo livre, vou me permitir exercitar a imaginação e deixar aflorar meus pensamentos mais paranóicos. Eu convido o leitor a fazer o mesmo, vai ser divertido.

O cenário que consigo imaginar envolve o governo brasileiro, o Google, a Telefônica, Oi e outras empresas de telecom (públicas e privadas) responsáveis pela operação da rede Internet no país.

Em linhas gerais teria ocorrido o seguinte: os recentes apagões na Internet fariam parte de uma suspensão programada nos serviços (daí não terem ocorrido simultâneamente – o país não poderia ficar completamente sem acesso a rede) para a implantação de filtros de vigilância e controle de acesso ao conteúdo da rede. Os indícios mais claros disso seriam:

1- O acordo firmado entre o Ministério Público Federal e a gigante da Internet, a Google, anunciado recentemente e sem maiores detalhes sobre os termos envolvidos (o acordo tem como objetivo principal o repasse de informações sobre os usuários dos serviços providos pela empresa norte-americana na Internet);

2- A agilidade com que o ministro da comunicações manifestou-se publicamente sobre o ocorrido, aparentemente isentando de responsabilidade a empresa provedora de rede pela suspensão dos serviços;

3- E claro, o interesse óbvio que todo governo tem, mesmo os mais democráticos, de manter os cidadãos sob controle.

Bem, é isso. 

Gostaram?

Eu quero deixar claro esse texto não passa de um exercício ficcional. Que eu não acredito naquilo que acabo de escrever e que minha intenção foi apenas a de divertí-los.

…será?😉

Written by @antoniofonseca

sábado, 5 julho, 2008 às 11:24 pm

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Nossa… Essa da implementação de filtros pra vigilancia…
    To com uma pulga na orelha!

    Marcelo P. Bortolin

    sexta-feira, 11 julho, 2008 at 9:06 pm

    • Nunca vi besteira tamanha na vida …

      Rodrigo

      sábado, 12 dezembro, 2009 at 2:54 pm


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: