asf@web

Tecnologia, Informação e Expressão

Empresa brasileira processa outras empresas que usam o nome OpenOffice.org

leave a comment »


Transcrevo aqui na íntegra do post “Chegou o dia: Empresa brasileira processa outras empresas que usam o nome OpenOffice.org” publicado no BR-Linux.org dada sua relevância e solicito apoio a todos que puderem divulgar.

Início da Transcrição

Veja o alerta da LinuxMall e ajude a divulgar.

A notícia abaixo é importante, e conto com a capilaridade da comunidade Linux brasileira para reproduzi-la e disseminá-la tão amplamente quanto possível, para que o maior número de pessoas esteja ciente e pronto para oferecer sua contribuição no momento certo.

Já em 2004 a comunidade foi alertada sobre a empresa detentora da marca registrada Open Office no Brasil estar com intenções belicosas contra o projeto internacional OpenOffice.org.

Seguiram-se manifestos, o pessoal brasileiro do desenvolvimento do OOo sabiamente mudou de nome para BR-Office.org, distribuidoras comerciais nacionais mudaram o nome do pacote em suas próprias mídias, e o tempo foi passando.

Mas todos os envolvidos suspeitavam que as medidas acabariam não sendo suficientes, dado o valor potencial que a detentora da marca poderia buscar receber de uma empresa como a Sun – ainda que para isto tivesse que se indispor com uma grande comunidade no Brasil.

E agora aconteceu. Veja abaixo a íntegra da mensagem que recebi hoje da LinuxMall. Se puder, ajude a divulgar, para aumentar a conscientização da comunidade sobre esta grave situação, para que estejamos preparados para agir quando os colegas do BROffice ou das várias empresas nacionais (que só vamos identificar se elas assim desejarem) que são rés no mesmo processo, após obter orientação jurídica, chamarem a nossa colaboração.

Relato da situação atual

Como todos já devem ter ouvido falar, uma empresa brasileira, detentora da marca Open Office no Brasil, vem nos últimos tempos tomando atitudes contra o uso do nome OpenOffice.org, o que obrigou o programa, que é conhecido assim mundialmente a ser chamado de BROffice no Brasil.

Recentemente esta empreitada tomou uma nova dimensão, onde a Sun Microsystems, principal apoiadora do projeto e várias empresas que fornecem no Brasil o software, suporte, soluções ou materiais relacionados ao OpenOffice.org estão sendo processadas.

Estas empresas atuam em varios ramos, como distribuidoras de softwares que vendem os CDs, empresas de suporte e treinamento, editoras que publicaram livros ou revistas sobre OpenOffice.org, fornecedores de acessórios e até mesmo livrarias pelo simples fato de venderem material didático sobre OpenOffice.org.

A empresa alega que o motivo do código do OpenOffice.org ser aberto é apenas uma jogada estratégica da Sun para gerar receita com suporte e receber gratuitamente códigos feitos por programadores ao redor do mundo inteiro para posteriormente serem usados no StarOffice, a suíte paga da Sun. Ela acusa a Sun Microsystems Inc. e a Sun Microsystems do Brasil de estarem se prevalecendo de sua notoriedade no mercado de TI para alavancar a adoção do OpenOffice.org no mercado e cita como um exemplo o fato de até a data do documento o OpenOffice.org já ter sido baixado mais de 61 milhões de vezes do site oficial.

Outras alegações são que pela licença do OpenOffice.org somente a Sun poderia vendê-lo, prestar suporte e treinamento e que cabe a mesma definir o futuro do projeto de acordo com seus interesses comerciais. Como o OpenOffice.org é licenciado atualmente pela GNU LGPL (GNU Lesser Gnu Public License), não se pode afirmar que todas estas alegações tenham fundamento.

Sabe-se que a empresa registrou a logomarca Open Office no Brasil antes mesmo da existência do OpenOffice.org, porém devido às marcantes diferenças entre as duas, como por exemplo a partícula “.org”, a tipagem e o posicionamento do texto diferenciado, pode-se facilmente perceber que se tratam de marcas e produtos totalmente diferentes.

Estes tipos de ações podem ser muito negativas à imagem do OpenOffice.org e inclusive dificultar ou até mesmo impossibilitar sua adoção em larga escala em grandes empresas e órgãos governamentais.

É importante que todos os frequentadores deste veiculo largamente utilizado pela comunidade apoiadora do movimento open source fiquem sabendo do ocorrido e que manifestem suas opiniões a esta ofensa à liberdade e à filosofia de vida desta comunidade.

Atenciosamente,
LinuxMall

Vamos nos manter informados e aguardar o chamado à ação, de modo a não prejudicar o andamento da questão judicial.

Fim da Transcrição

Referência: Chegou o dia: Empresa brasileira processa outras empresas que usam o nome OpenOffice.org: Veja o alerta da LinuxMall e ajude a divulgar – BR-Linux.org

Written by @antoniofonseca

quarta-feira, 25 outubro, 2006 às 11:39 am

Publicado em Info

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: