asf@web

Tecnologia, Informação e Expressão

Adeus Ray Noorda

leave a comment »


Ray NoordaRaymond John Noorda faleceu ontem (9 de outubro) aos 82 anos em sua residência no estado de Utah (Estados Unidos), após uma longa batalha contra o mal de Alzheimer.

Ray Noorda, como era mais conhecido, nos deixa um incrível legado!

Como CEO da Novell no período entre 1982 e 1994, foi o responsável pela aquisição do UNIX e do USL (Unix Systems Laboratories) da AT&T e decidiu pôr um fim à batalha judicial que se arrastava contra a BSDI (Berkley Software Design Inc.), pela possível violação da propriedade intelectual do UNIX pelo BSD/OS.

Foi ele também quem conduziu a Novell ao seu enorme sucesso entre os anos de 1980 e 1990, praticamente tornando o nome da empresa sinônimo de LAN (Local Area Network).

É dele a concepção da abordagem em três camadas aplicada ao mercado das revendas de tecnologia. Foi Noorda quem decidiu que treinamento e certificação seriam o melhor caminho para garantir que seus parceiros poderiam prestar suporte aos produtos da Novell. O programa Novell CNE (Certified NetWare Engineer) fez tanto sucesso que influenciou praticamente qualquer grande fornecedor de tecnologia atual a oferecer um programa de certificação.

Durante a competição com a Microsoft Noorda previu, muito antes de qualquer outro, o potencial da empresa para o completo domínio do mercado de desktop.

Visionário, com sua empresa de investimentos The Canopy Group, financiou empresas como por exemplo a PartnerAxis (concebida para realizar a ligação entre provedores de soluções Linux e revendas).

Seu afastamento da Novell (após 1996) se deu justamente por Noorda acreditar que Linux seria o futuro enquanto a Novell, sob a direção de Bob Frankenberg, decidia finalizar os trabalhos internos com a plataforma. Logo em seguida Noorda cortou seus laços com a Novell e decidiu investir na Caldera Systems, umas das primeiras empresas de Linux.

Devido aos problemas saúde afastou-se progressivamente dos negócios.

Foi então que recetemente a Caldera, já conhecida como SCO, decidiu voltar-se contra o Linux e a Novell voltou-se para o sistema do pinguim de braços abertos – suprema ironia!

Quem conheceu Ray Noorda diz que com ele a frente dos negócios a SCO nunca teria se envolvido no infame processo contra a IBM e é possível inclusive que a Novell tivesse adquirido a SCO em vez da SuSE, para entrar no jogo do Linux.

Nossa indústria perde um grande homem de negócios, determinado, daqueles que fazem as coisas realmente acontecerem.

Mas o seu legado permanece. Nas palavras de Steven J. Vaughan-Nichols (colunista do eWeek Channel Insider): “a despeito do que ocorra com as empresas que ele ajudou a fundar, ele tanto quanto Scott McNealy da Sun e John Chambers da Cisco, criaram o mundo interconectado em que vivemos hoje. E mais do que qualquer um, ele é o responsável pelas revendas e integradoras modernas de tecnologia das quais tantos de nós tiram o sustento.”

O obituário de Ray Noorda pode ser lido em The Canopy Group

Written by @antoniofonseca

terça-feira, 10 outubro, 2006 às 4:42 pm

Publicado em Info

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: