asf@web

Tecnologia, Informação e Expressão

Comentário de Mark Shuttleworth sobre o tema Firefox no Debian

with 8 comments


Mark Shuttleworth publicou em seu blog um comentário bastante lúcido (Firefox and Ubuntu) sobre o recente desentendimento entre os desenvolvedores do Debian e a Fundação Mozilla em relação a marca registrada Firefox (navegador distribuído sob licença livre). E sobre como isso pode afetar o software livre, a comunidade e como o Ubuntu está preparado para enfrentar o problema.

O comentário de Mark é especialmente importante por lembrar que os envolvidos estão comprometidos com o software livre e compartilham 99,9% da mesma visão, portanto possuem muito mais em comum do que seus colegas ou concorrentes como Microsoft e Opera, e outros fornecedores de navegadores proprietários.

Segundo o criador do Ubuntu o caminho para a solução dessa crise está em manter aberta uma linha de diálogo lúcida sobre os alinhamentos e divergências reais e procurar não reduzir a questão a uma simples “pedra no sapato”.

Ele fala ainda das complexidades e de algumas inconsistências do posicionamento sobre software livre e marcas registradas no próprio projeto Debian.

E pede que não permitam que a discussão ou divergência seja a última coisa a ser lembrada desse episódio.

Leia o comentário de Mark Shuttleworth [aqui].

Written by @antoniofonseca

sábado, 28 outubro, 2006 às 3:02 pm

Publicado em Info

8 Respostas

Assinar os comentários com RSS.

  1. realmete…ô dircursão besta ;P

    Daniel

    domingo, 29 outubro, 2006 at 11:54 pm

  2. pois é. sempre tive um pé atrás com esse cara.
    mas acho que depois de ler o post dele, começo a mudar um pouco minhas ideias. Enfim alguem fala algo que eu concordo sobre o assunto.

    Pode até ser que ele tenha outras ideias menos nobres sobre a comunidade, mas pelo menos as aparências indicam alguem com boas intenções (afinal , o que ele tem a perder?)

    De fato ,algo que nunca desceu bem foi o carater não totalmente livre do mozilla (em detrimento ao konqueror ,que é GPL, ainda que use a LibQT, que é uma questão complicada – e ainda que eu não goste de KHTML) e determinadas chatisses de alguns GNUs. Ainda assim, acho a distro mais bem construida e coerênte que eu conheço e o browser mais seguro (não em termos de privacidade ou coisas do genero, mas em termos de coerência de funcionamento) que eu ja usei , tendo como segundo colocado o Opera (Software proprietário pode coexistir bem com SL – e esses caras mostram que sabem jogar com as novas regras do capitalismo).

    nomadsoul

    segunda-feira, 30 outubro, 2006 at 9:47 am

  3. Daniel, obrigado pela visita.

    A “discussão” (não briga) parece que não é tão besta assim e infelizmente é necessária.

    ASF

    segunda-feira, 30 outubro, 2006 at 2:05 pm

  4. Olá nomadsoul, obrigado pela visita.

    É interessante como algumas pessoas tem essa desconfiança com relação ao Mark Shuttleworth e a Canonical. O curioso é que eu não consigo sentir o mesmo.

    Desde o princípio simpatizei com o cara e gosto cada vez mais do Ubuntu. Na minha opinião, a de quem começou com o Slackware e Debian, até o momento praticamente só tenho visto coerência nesse projeto.

    Talvez tenha contribuído também para minha empatia o fato de eu ter precisado entrar em contato com a Tawthe (na África do Sul), nos idos de 1990 no auge da “bolha” da Internet, para adquirir certificados digitais e ter sido muitíssimo bem atendido por eles.

    Como você deve saber a Tawthe era a empresa do Mark que foi vendida para a Verisign.

    ASF

    segunda-feira, 30 outubro, 2006 at 2:22 pm

  5. Eu sei ^^

    num quis menosprezar teu blog ;D

    mas quis dizer q tem mai assuntos interessantes do que esse pra eels discutirem não?

    Daniel

    segunda-feira, 30 outubro, 2006 at 7:47 pm

  6. Daniel,

    Não se justifique não, eu tinha compreendido o seu comentário.

    Mas veja, a discussão em torno desse assunto entre o pessoal da Fundação Mozilla e do projeto Debian é pertinente sim e necessária.

    Portanto infelizmente sou obrigado a discordar de você sobre a relevância do tema, mas acho que compartilhamos o mesmo desejo de que tudo se resolva da melhor forma possível e de que divergências como essa não se tornem freqüentes no âmbito do software livre.

    Acho que esperamos mesmo é que no final prevaleça o bom senso! ;-)

    ASF

    segunda-feira, 30 outubro, 2006 at 8:48 pm

  7. Ahh…intom nn itendi direito…a mozilla foudation tah ‘se privatzando ‘ agora??o.O

    Daniel

    terça-feira, 31 outubro, 2006 at 12:31 pm

  8. Daniel,

    Leia sobre a Mozilla Foundation (http://en.wikipedia.org/wiki/Mozilla_Foundation) e Mozilla Corporation (http://en.wikipedia.org/wiki/Mozilla_Corporation).

    Abraço,

    ASF

    ASF

    terça-feira, 31 outubro, 2006 at 1:58 pm


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: